Atendimento: (54) 99206.4570
Linkedin: Quando e como você deve usar esta rede social

Linkedin: Quando e como você deve usar esta rede social

Não sou grande expert em redes sociais, mas tendo em vista a quantidade de convites que tenho recebido no meu Linkedin, resolvi escrever para orientar algumas pessoas que estão entrando na rede sem nem ao menos procurar saber para que ela serve e se de fato vai agregar algo para elas.

Pessoalmente gosto muito do Linkedin e trato meu canal como um currículo online. Nele tenho um resumo de todas minhas experiências profissionais, alguns depoimentos de colegas e clientes com quem já trabalhei, e também a descrição de minha formação acadêmica. Não utilizo o Linkedin para fazer amigos e sim para manter contatos profissionais e buscar networking, afinal, este é o grande diferencial da rede: o fato de você poder se conectar com profissionais e empresas que sejam de fato relevantes para você e sua carreira.

Caso você tenha se interessado e queira fazer parte da rede, eis algumas atitudes que você deve evitar:

1. Aceitar qualquer conexão

O que conta aqui é q qualidade e não a quantidade. Ao receber um convite de um desconhecido, avalie se ele pode agregar informações e novos contatos;

2. Não colocar foto

Sim, a rede é profissional, mas pesquisas apontam que fotos aumentam o interesse das empresas durante as buscas. Porém, evite usar aquela foto da balada, ou com namorado(a), amigo(a), afinal, estamos falando de uma rede profissional 😉

3. Não participar de nenhum grupo

Os grupos são os melhores locais para fazer networking com profissionais da sua área, aproveite esta ferramenta para crescer;

4. Poluir a rede

Ao publicar seus posts do Twitter ou Facebook, selecione apenas o que for profissional;

5. Puxar o saco

Só faça recomendações a quem realmente merece – e se tiver algo relevante a dizer sobre a pessoa. Principalmente se for o seu chefe.

Seguindo estas regras simples, você evita transformar mais uma rede social bacana no “muro das lamentações online”, como já aconteceu com o Orkut e vem cada vez mais tomando conta do Facebook.

Fique à vontade para deixar sua opinião no espaço de comentários. Valew!


Sobre o Odo Reginatto

O Odo é o cara do marketing da Upside. Graduado em Design pela Ulbra, cursou MBA em Marketing e Vendas pela IMED, e possui certificação Google para venda de produtos digitais, Google Analytics e Google Ads. Regularmente se aventura em algumas palestras sobre marketing digital e empreendedorismo.

LinkedIn
Cadastre seu e-mail para receber dicas e novidades.